sexta-feira, 21 de novembro de 2008




Um dia nublado,sete horas da manhã,ruas calmas e eu ali sozinho,vagando por entre ruas desertas a procura do nada quando vejo alguém.
Um anjo sujo, maltratado, mas uma vez anjo sempre anjo. Eu podia ver suas asas, muito machucadas, por detrás daquelas roupas sujas e rasgadas, aquele cabelo bagunçado e unhas pretas. Ainda era um anjo,meu deus!
Estava ali,discutindo com aquele monstro.Sim,aquilo era um monstro,muito mais sujo do que o meu anjo,com a aparência de velho,apertando os braços do meu doce desejo.Como alguém teria a coragem de machucar aquele ser tão delicado?Eu sei que ela era delicada,apesar dos palavrões que saiam da sua boca como resposta a toda aquela violência.Era uma forma de tentar parar,não?Ela tinha que fazer alguma coisa e eu também. Eu simplesmente não poderia ficar ali parado vendo tamanha brutalidade. Aquilo me tocou profundamente.
Eu tive que ir lá e dizer pra tudo aquilo parar. Eu não sou um super-man, mas não ia deixar aquilo assim. Se fosse pra sofrer, seria eu quem sofreria, eu que faço coisas erradas, eu que tenho duvidas abstratas. Não ela, nunca ela. Se dependesse de mim aquele ser único nunca sofreria. Nunca.
A resposta que recebi ao meu ato não foi a esperada. Em vez de pedir ajuda,ficar ao meu, ela disse pra eu me afastar.
‘’- Não é da sua conta, sai daqui!’’-foram as palavras que cortaram o meu coração.Ele riu, riso sarcástico. Outra facada.
Sai dali cabisbaixo, com uma dor que parecia não ter um fim próximo. Dor que ficaria para a eternidade má.
Mas tudo passa, todo mundo tem o que quer, e eu fiz a vontade dela. Não podemos teimar com a vontade de anjos e eu sei que ela era um.


Obs :
livremente inspirado em fatos reais.


Mah

12 comentários:

Má. disse...

' Não podemos teimar com a vontade dos anjos. '

Ahh como dói, cada palavra me fez lembrar, das decisões que estão além do nosso alcance. Das coisas que faríamos por amor, e que não foram aceitas. Como dói.

Texto maravilhoso!
;***

▀█ Camila Siqueira ♣ disse...

Nossa...tocantee!
"Não podemos teimar com a vontade dos anjos"..essa frase me lembra tanta coisa!
O texto tá lindo e dá pra sentir que existe algo muito real nele!
Haa tira o codigo da postagem! xD!

Marcella *-* disse...

Noooooooosa!!!
Seu post tá muito lindo, incrivel o dom que você têm com as palavras.
Se você permitir gostaria de copia-lo para imprimir e colar no meu caderno de versos e textos (com seu nome na autoria é claro). Espero sua resposta.

Têm um post novo no meu blog também. Visite!
www.cabelocorderosa.blogspot.com

Anônimo disse...

UHAuhuahuahuhauhah,tá vendo mah!vc é que sabe escrever se eu tivesse relatado não estaria fazendo tanto sucesso!!!

Comentario by:A pessoa que viu o "anjo"

Boozy ~* disse...

*-*
adorei o post, bem "profundo" ..
vc escreve bem dimais ;)

bjs ;**

Grande garota, pequena mulher... disse...

Hummm...fiquei impressionada com a facilidade de manusear as palavras que voce tem....Queria permissão para imprimir o texto também...Achei muito perfeito...bjos..

MADE IN LIBERDADE disse...

não dá pra teimar com os anjos...
eles são assim;;
não são meus olhos, não eh pq eles são azuis que significa q vou enxergar tudo azull;;;
vc ESCREVE MESMO mtoo bem
BEIjos

Maye Menezes disse...

Não devemos nunca contrariar um anjo, mesmo que isso signifique nossa infelicidade. Mas o sacrificio vale a pena!

▀█ Camila Siqueira ♣ disse...

Oiee..codigo de postagem é aquele codigo quando a gente vai deixar um comentário no blog de alguém e depois vem um codigo,aquelas letrinahs pra copiar em baixo!
entendeu?

Mary West disse...

As vezes nos levamos a contrariar anjos mesmo, queremos o poder deles, apesar das consequencias.

gwen mignot disse...

Tu é blogueira da vez? Não te vi ainda na Atrê! =~~
Adorei o texto! *---*
:*

Jerri Dias disse...

Tava com cara de vida real, mesmo...